05/06/2019

Brazil Windpower reúne players da indústria eólica em SP

Atlantic apresentou case

Na sua edição de 10 anos, a Brazil Windpower (BWP) ganhou nova casa em 2019. A  maior feira sobre energia eólica da América Latina deixou a cidade do Rio de Janeiro e agora fixa sua sede em São Paulo. Entre os dias 28 e 30 de maio, o evento reuniu diversas autoridades do setor eólico no Transamérica Expo Center e proporcionou debates, análises e diagnósticos acerca dos avanços e desafios do mercado nacional.

A Atlantic Energias Renováveis foi convidada mais uma vez pela BWP para discutir alguns de seus cases de destaque no setor, como estratégias de Operação e Manutenção (O&M), ações socioambientais e comercialização de Certificados Internacionais de Energia Renovável (I-RECs). 

O painel de O&M foi um dos destaques do evento e reuniu players de nível mundial de atuação para debater os desafios da área. “Foi um painel enriquecedor, pois todas as discussões tiveram objetivo de construir novos caminhos para o setor de energia”, conta o Gerente de O&M da Atlantic, Hudson Souza. “Acredito que estamos um passo à frente. Nosso portfólio contém apenas eólicas e fomos convidados mais uma vez para participar do evento ao lado de outras companhias gigantes do mercado”, afirmou.

Na área de workshop, a Atlantic apresentou seu case de comercialização de I-RECs ao público da feira. O Analista de comercialização da empresa, Rodrigo Zanardini, falou sobre a procura crescente das empresas por I-RECs. “É algo novo, então as empresas nos procuram para obter mais informações, fazer negócios e conhecer o produto. Foi a oportunidade de colocar a Atlantic na vanguarda deste segmento”, conta Zanardini.

O Analista de Sustentabilidade da Atlantic, Bruno Kimio Koga, apresentou trabalho técnico sobre Saneamento rural associado a quintais produtivos em comunidades rurais do Rio Grande do Norte. “É gratificante mostrar os detalhes do trabalho que realizamos no RN para o público do evento.” O Analista falou sobre a importância de realizar um diagnóstico socioeconômico clínico para entender problemas locais e desenvolver soluções junto às comunidades. “Ter o trabalho selecionado para apresentar na BWP é um reconhecimento importante”, comentou.

Em parceria com a Atlantic, o CEO da Tempo Ok Tecnologia em Meteorologia, João Hackerott, apresentou o segundo melhor artigo dos trabalhos técnicos do evento. Para ele,  foi “uma oportunidade gratificante, assim como a parceria com a Atlantic, pois é uma empresa pioneira no setor de energia eólica e tenho orgulho de tê-la em nosso portfólio”, disse Hackerott.

O setor eólico está em constante transformação e eventos como a Brazil Windpower mostram como é possível elevar o nível de debate, além de trocar experiências, soluções, inovações e tecnologias com objetivo de fortalecer tanto a cadeia produtiva como a cadeia de consumo de energia.

Confira as fotos do evento: