05/07/2018

CEO apresenta relevância dos projetos socioambientais em evento no Nordeste

José Roberto de Moraes destaca avanço da região no XXIV Fórum Banco do Nordeste de Desenvolvimento

Desenvolvimento sustentável é a base dos negócios da Atlantic Energias Renováveis, que investe em energia eólica com responsabilidade socioambiental. Para debater sobre esse assunto, o CEO da empresa, José Roberto de Moraes, participou do XXIV Fórum Banco do Nordeste de Desenvolvimento na última quarta-feira (4), em Fortaleza.

O evento foi promovido pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB), que aprovou recentemente um aporte de 928 milhões de reais para o Complexo Eólico Lagoa do Barro,  via Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Com esse investimento, o segundo maior empreendimento da Atlantic terá 195 megawatts de potência instalada até o final do ano, suficiente para abastecer 400 mil residências e contribuir para o avanço do Piauí.

No painel Efeitos dos Investimentos em infraestrutura para o desenvolvimento do Nordeste, José Roberto mostrou que a Atlantic, além de ser referência em produção de energia limpa, contribui para o desenvolvimento das regiões onde estão localizados seus empreendimentos. Ao lado da professora Joisa Campanher Dutra Saraiva, da Fundação Getúlio Vargas, o executivo debateu a relevância dos parques eólicos para o crescimento econômico e a redução da assimetria regional.

“A chegada dos empreendimentos muda a realidade das cidades”, conta o CEO. “Isso está acontecendo em Lagoa do Barro do Piauí, onde 500 empregos diretos resultaram das obras do complexo, além dos empregos indiretos gerados pelo aquecimento das atividades comerciais”, completa. Esse desenvolvimento regional é fortalecido por programas socioambientais desenvolvidos pela empresa, que, além de garantirem a preservação da biodiversidade, promovem melhorias às comunidades durante a implantação e operação de seus empreendimentos.

Já são 4 mil pessoas abrangidas por projetos sociais na Bahia, 500 no Rio Grande do Norte e 2 mil no Piauí, mais 52 mil pessoas contempladas pelo Ao Som do Vento, programa de rádio que incentiva a sustentabilidade. “Com futuros investimentos da Atlantic no Nordeste, entre eles, o aumento de 60 MW no Complexo Eólico Lagoa do Barro e 168 MW em novo empreendimento em Tanque Novo, na Bahia, esses números só tendem a crescer”, enfatiza José Roberto de Moraes. Mais um sinal que novos ventos sopram para o futuro do nordeste.

 

Baixe aqui a apresentação comentada em PDF

E assista ao vídeo: