31/07/2017

Com mais onze aerogeradores, Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar atua com 159 MW de energia em operação comercial

Reta final de construção: faltam apenas três parques para concluir a energização total do empreendimento

O Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar, maior empreendimento da Atlantic até o momento, passou a contar, no mês de julho, com mais 33 MW (megawatts) de energia em operação comercial por conta dos onze novos aerogeradores nos parques Aura Mirim VI, Aura Mirim VIII e Aura Mangueira XVII. Atualmente, o Complexo gera comercialmente 159 MW, que são produzidos a partir dos 53 aerogeradores já em uso, com potência de 3 MW cada.

A obra tem ainda sete aerogeradores em montagem de componentes e eletromecânica e mais cinco em fase de testes de operação e comissionamento, com entrada em operação comercial prevista para o mês de agosto.

Outro destaque do mês de julho foi a Licença de Operação para o Parque Eólico Aura Mangueira XVII, emitida pelo órgão ambiental do Rio Grande do Sul (FEPAM). O parque é composto por cinco aerogeradores com potência de 3 MW cada, totalizando assim 15 MW liberados pelo órgão de fiscalização.

Em implementação desde agosto de 2015, as obras do Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar têm como previsão de término o segundo semestre de 2017 – falta apenas a construção dos últimos três parques. Após sua conclusão, o Complexo contará com 207 MW de capacidade instalada distribuídos por 12 parques eólicos.


Confira fotos da obra: