22/08/2016

Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar já tem cinco torres montadas

Dezoito aerogeradores devem ser finalizados em outubro; total é de 69 torres

A obra do Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar, maior projeto da Atlantic Energias Renováveis até o momento, no Rio Grande do Sul, já tem cinco turbinas eólicas prontas.

O processo de montagem das torres se divide em duas fases principais: na primeira é feita a montagem até a nacele; e na segunda, as pás são instaladas com a ajuda de um guindaste. Atualmente, a obra possui dez bases na fase 1 e cinco na fase 2.

O Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar iniciou a montagem dos aerogeradores pelos parques eólicos Mirim II e Mangueira VII na segunda quinzena de julho. Até outubro, 18 torres devem estar prontas. O trabalho é conduzido pela empresa Acciona Windpower Brasil, cuja fábrica localizada dentro da própria obra produziu as 69 torres de concreto de 120 metros de altura e três megawatts ( 3 MW) de potência.

Paralelo a isso, continuam os trabalhos de comissionamento nas subestações Marmeleiro II e Mangueira I. A execução da linha de transmissão de 138 quilovolts (Kv) tem previsão de energização em meados de setembro.

O Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar contará com 12 parques eólicos que produzirão, juntos, 207 MW de potência, suficientes para abastecer cerca de 400 mil residências.