19/06/2017

Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar tem 126 MW em operação comercial

Maior empreendimento da Atlantic está em reta final de obras

Junho marcou a entrada do sétimo parque do Complexo Eólico de Santa Vitória do Palmar em operação comercial. Com a implantação do Mangueira XII, o empreendimento no Rio Grande do Sul conta agora com 126 MW (megawatts) produzidos a partir de 42 aerogeradores.

Nesta reta final de construção e montagem, a obra tem seis aerogeradores em fase de testes, com previsão para entrada em operação comercial no próximo mês, e cinco aerogeradores em montagem de componentes e eletromecânica.

Outro destaque deste mês foi a emissão da liberação do último trecho da linha de transmissão para a operação do complexo, feita pela FEPAM (Fundação Estadual de Proteção Ambiental). Ele terá capacidade para escoar os 207 MW de energia que estarão disponíveis ao final das obras.

Em implementação desde agosto de 2015, o Complexo Eólico de Santa Vitória do Palmar é maior empreendimento da Atlantic até o momento. As obras estão previstas para terminarem no início do segundo semestre deste ano. Quando finalizado, o complexo terá 207 MW de capacidade instalada distribuídos por 12 parques eólicos.

Sustentabilidade em foco

Cuidar do ambiente, das comunidades vizinhas aos empreendimentos eólicos e dos seus colaboradores está na alma da Atlantic. E o Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar também vive esse clima. No início de junho, em homenagem ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a Atlantic promoveu a terceira atividade de educação ambiental do PEA (Programa de Educação Ambiental).

A atividade propôs um enfoque na alimentação saudável e na agricultura orgânica por meio da implantação de uma horta escolar, feita por alunos do 6º ano da escola municipal Professor Oscar Machado, na localidade do Espinilho, no município de Santa Vitória do Palmar.  

Confira abaixo fotos da obra no Complexo Santa Vitória do Palmar: