Princípios do Equador e Padrões do Desempenho IFC

Em seu modelo de gestão, a Atlantic Energias Renováveis se pauta pelos mais criteriosos padrões de mercado como diretrizes para a gestão socioambiental de suas operações.
Para isso, a empresa busca a integração do Sistema de Gestão da Sustentabilidade a estes princípios, reforçando seu compromisso com instituições financeiras financiadoras, mantendo foco total na mitigação de riscos ao meio ambiente, aos trabalhadores e às comunidades vizinhas.

Padrões de Desempenho do IFC

Adotados na gestão da empresa, os Padrões de Desempenho IFC estabelecem requisitos técnicos e organizacionais para gerenciamento de riscos socioambientais em projetos.

Princípios do Equador

As diretrizes dos Princípios do Equador são aplicadas na gestão de riscos por instituições financeiras para determinar, analisar e gerenciar riscos socioambientais em projetos. O modelo de gestão da Atlantic está alinhado às diretrizes estabelecidas.

Diretrizes de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Banco Mundial

As Diretrizes de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Banco Mundial também fazem parte do modelo de gestão de sustentabilidade da Atlantic, definindo limites e diretrizes técnicas gerais e específicas para aspectos relacionados à eficiência de recursos, prevenção da poluição e saúde e segurança.