06/05/2016

Fábrica de torres recebe licença para operar em obra de Santa Vitória do Palmar

Torres de concreto de 120 metros de altura produzirão um total de 207 MW (megawatts)

A fábrica de torres instalada nas obras do Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar, no extremo sul do estado do Rio Grande do Sul, já pode começar a operar. A fabricante das torres, a Acciona Windpower Brasil, obteve licença de operação para o início das atividades emitida pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) no dia 20 de abril.

O contrato assinado entre a Atlantic e a Acciona prevê o fornecimento e montagem de 69 turbinas AW 125/3000, de 3 MW de potência e 125 metros de diâmetro de rotor. Os aerogeradores serão instalados sobre torres de concreto de 120 metros de altura que produzirão, juntas, 207 MW (megawatts). A fabricante também será responsável pela operação e manutenção das turbinas por um prazo de 15 anos.

Henrique Theodorovicz, Gerente de Desenvolvimento da Atlantic, ressalta a importância da fábrica de torres estar localizada dentro do canteiro de obras do Complexo Eólico: “o custo da logística é menor, pois as torres não precisarão ser transportadas até os parques eólicos, e, além disso, qualquer desvio no fornecimento será facilmente fiscalizado, o que acelera o processo de tomada de decisões.”