10/05/2017

Fitch atribui grau de investimento para emissão de debêntures de Complexo Eólico da Atlantic

Agência de riscos atribuiu rating AA+ para a proposta de emissão de até R$ 102,5 milhões do Complexo Eólico de Morrinhos, na Bahia

A Fitch Ratings, agência internacional de classificação de risco, atribuiu, em abril, o Rating Nacional de Longo Prazo AA+ (exp) (bra) à proposta de segunda emissão de debêntures do Complexo Eólico de Morrinhos, da Atlantic Energias Renováveis. Isso afeta o montante de até R$ R$ 102,5 milhões de emissões, com vencimento em 2027.  Essa classificação representa ‘grau elevado’ de investimento com perspectiva Estável.

“O rating reflete o fortalecimento do perfil financeiro da Atlantic e de seu empreendimento em termos de suporte financeiro, já que se beneficia de fianças bancárias emitidas por três instituições financeiras que possuem rating de longo prazo AAA (bra)”, avalia o CEO da Atlantic Energias Renováveis, José Roberto de Moraes. “Além de outros fatores, essa classificação também leva em consideração a certificação de recurso eólico satisfatória”, ressalta.

O Complexo Eólico Morrinhos, em Campo Formoso (BA) começou a operar em 2015 com potência instalada de 180 MW e fator de capacidade de 57,08%.  Além disso, desde maio de 2016, 100% do projeto opera comercialmente, apresentando disponibilidade média de 98,6% até fevereiro de 2017.

Para mais informações acesse: https://www.fitchratings.com.br/corporates/2345