19/09/2016

Obra do Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar entra na reta final

Nove torres já estão completas; primeiras subestações devem entrar em operação no final do mês

A implantação do Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar, no Rio Grande do Sul, segue em ritmo acelerado. Setembro começou com nove torres completas, com naceles e pás já montadas, e, até o final do mês, as Subestações Mangueira I e Marmeleiro II entrarão em operação. Com o acabamento das obras civis, as subestações passam agora pela execução de arruamento, lançamento de brita no pátio e conclusão do comissionamento.

A fábrica de torres da Acciona Wind Power, instalada dentro da obra, é responsável por produzir as 69 torres de concreto de 120 metros de altura que serão distribuídas no Complexo, que será conectado ao nível de tensão de 525 kilovolt (kV) por meio do transformador 275 MVA 500kV da WEG.

Trata-se do maior projeto eólico da Atlantic Energias Renováveis até o momento, que contará com 12 parques eólicos de potência instalada de 207 Megawatts (MW), suficiente para abastecer cerca de 400 mil residências.