12/05/2016

Obras do Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar avançam em maio

Sessenta e três bases já estão concretadas e fábrica de torres entra em operação neste mês

A Atlantic Energias Renováveis investe na implantação de seu maior projeto até agora, o Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar, no Rio Grande do Sul. Em abril deste ano, as obras do Complexo completaram 63 bases concretadas. A previsão é que os 12 parques eólicos em implantação tenham, até junho, 69 bases concretadas. As fundações diretas, sem uso de estacas, é uma das pioneiras no Estado e foi validada por projetistas e consultores especializados em sondagem geotécnica para identificar as características do terreno. A solução tem duas grandes vantagens: menor custo e menos tempo de execução.

O mês de maio começou também em avanço na construção das subestações Mangueira I, Mangueira II e Mangueira III, cujas previsões de término são, respectivamente, agosto, outubro e dezembro. A grande novidade do mês fica por conta do início das operações de fábrica de torres, que produzirá as 69 torres de concreto dentro da própria obra. De responsabilidade da empresa Acciona Windpower Brasil, a fábrica produzirá aerogeradores de120 metros de altura e potência de 3 megawatts (MW) cada um.

As obras do Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar começaram em agosto de 2015 e os parques entrarão em operação em setembro deste ano. Serão 69 aerogeradores, que, juntos, serão responsáveis por 207MW de potência, o suficiente para abastecer 400 mil residências.