27/02/2018

Parques eólicos da Atlantic são destaques em fator de capacidade

Três empreendimentos na Bahia aparecem no Top10 do Ranking Eólico 2017

Três Parques Eólicos da Atlantic Energias Renováveis estão entre os 10 maiores do Brasil em fator de capacidade. Os dados são do Ranking Eólico de 2017, elaborado pela ePowerBay, plataforma focada na análise de projetos de energia renovável. O estudo foi elaborado com base em dados divulgados pela CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica).

O fator de capacidade é o nível de aproveitamento dos aerogeradores para produzir energia a partir da força dos ventos e aponta a eficiência dos empreendimentos. Todos os parques em destaque (Ventos de Guarás I, Ventos da Andorinha e Ventos de Campo Formoso II) estão localizados no Complexo Eólico Morrinhos, na Bahia.

Enquanto o Brasil tem um fator de capacidade em torno de 40% – maior do que a média mundial –, os três parques eólicos da Atlantic ultrapassaram a marca de 60% nos últimos 12 meses, impulsionando a produção nordestina e contribuindo para a região ser referência em energia eólica.

O CEO da Atlantic, José Roberto de Moraes, enfatiza a importância de investimentos assertivos para alcançar o resultado: “Com tecnologia de ponta e profissionais qualificados, potencializamos nossa produtividade”, afirma. Assim, a empresa participa ativamente da evolução energética do Brasil.

Complexo Eólico Morrinhos

Em plena operação comercial desde 2015, o empreendimento conta com 6 parques eólicos, 90 aerogeradores e capacidade instalada total de 180 MW, suficientes para abastecer 500 mil residências.

Veja abaixo a lista dos 10 parques com maior fator de capacidade do Brasil de acordo com o Ranking Eólico 2017:

Parques Eólicos Fator de Capacidade Realizado
1. Santa Úrsula 64.6%
2. Macambira 1 64.6%
3. Ventos de Guarás I 63.9%
4. Calango 6 62.6%
5. Ventos da Andorinha 62.2%
6. Ventos de Campo Formoso II 62.1%
7. Pajeu do Vento 61.2%
8. Pedra do Gerônimo 60.8%
9. Ventos São Martinho 60.8%
10. Testa Branca I 60.8%