29/11/2019

Quatro parques eólicos da Atlantic conquistam certificação REC Brazil

Programa atende objetivos da ONU

Alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, as usinas de Campo Formoso I, Andorinha, Ventos dos Guarás e Sertão, do Complexo Eólico de Morrinhos, estão entre as cinco primeiras a obterem certificação REC Brazil.

Parques eólicos conquistam certificação REC Brazil

Iniciativa conjunta da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) e da Associação Brasileira de Energia Limpa (Abragel), com apoio da CCEE, da AABRACEEL e da ABiogás, a certificação REC Brazil, gerenciada pelo Instituto Totum, atende a empreendimentos com fonte de energia renovável.

Empresas que utilizam o Certificado LEED têm demonstrado bastante interesse nas certificações REC Brazil. Dados do Instituto Totum apontam que, em 2019, 90% destes certificados foram emitidos pela Atlantic Energias. 

Reformulado recentemente, o programa exige, agora, que os empreendimentos atendam a pelo menos cinco dos dezessete Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da ONU, para que possam receber certificação.

O programa, elaborado em 2011, tem por objetivo fomentar o mercado de energia gerada a partir de fontes renováveis e com alto desempenho em termos de sustentabilidade.

Certificações de Sustentabilidade

Em fevereiro deste ano, a Atlantic Energias Renováveis recebeu, pelo segundo ano consecutivo, o Certificado de Destaque Ambiental – Selo Verde, por suas boas práticas sustentáveis. 

Na ocasião, a Gerente de Sustentabilidade da Atlantic, Lidiane Deoti, ressaltou que “o reconhecimento do mercado às boas práticas corporativas de gestão de sustentabilidade confirma o esforço empreendido pela equipe da área, que, ano após ano, traz novas conquistas para a companhia”.

Segundo Ana Carolina Molina, Gerente de Comercialização de Energia da Atlantic Energias Renováveis, em artigo publicado na Brasil Energia, “o I-REC se tornou um produto de alto valor agregado de sustentabilidade e empresas preocupadas com questões ambientais aumentaram a procura pelos certificados. É uma mudança de comportamento empresarial importante, que se expande a cada dia e associa um enorme valor às marcas”.

Com a incorporação da Atlantic à carteira de ativos da CGN, realizada no início de 2019, o foco, agora, é fortalecer a atuação da empresa no país e compartilhar cada vez mais com o mercado a evolução dos empreendimentos em operação e implantação.